beastie-boys

Jimmy Hendrix e Elvis Costello vs TV ao vivo

Estava lendo sobre o lançamento do novo álbum do comediante ‘Weird Al’ Yankovic, Mandatory Fun, quando fiquei sabendo de algo curioso. Sempre que algo dá errado no meio de uma música em um show, Weird Al para tudo e manda sua banda tocar “Radio Radio”, de Elvis Costello. Mas por que?

Elvis Costello no Saturday Night Live, 1977

Saturday Night Live não tem esse nome a toa, boa parte das atrações são ao vivo, inclusive e principalmente os shows. Lá em 1977 não era diferente e quando o Sex Pistols não pode fazer seu show no programa como planejado, Elvis Costello e sua banda recém formada tiveram a grande oportunidade de performar ao vivo num programa popular.

Tudo certo, até que a banda interrompeu a execução de “Less Than Zero“. Elvis Costello grita para sua banda parar de tocar e diz no microfone “desculpem-me, senhoras e senhoras, mas não há nenhuma razão para tocar essa música hoje”, e começa a tocar “Radio Radio“, uma música que ataca justamente transmissões controladas por corporações.

Dizem que o produtor do Saturday Night Live na época, Lorne Michaels, ficou tão bravo que ficou com o dedo do meio levantado em protesto durante a performance toda. Devido a esse acontecimento, Elvis Costello foi banido do SNL por mais de duas décadas. No 25º aniversário do programa, porém, Elvis Costello voltou para uma repetição do fato, dessa vez ao lado dos Beastie Boys, numa das melhores versões de Radio Radio já tocadas.

O incidente de 1977 pode (se você conseguir superar os problemas do player) ser visto aqui.

Apesar de tanto Weird Al quanto grande parte da mídia referenciarem Elvis Costello como pioneiro nesse tipo de ato imprevisto em apresentação ao vivo, o próprio Elvis Costello diz que estava homenageando o feito de Jimmy Hendrix.

 

Jimmy Hendrix no Lulu Show, 1969

Tudo estava planejado para a noite do dia 4 de janeiro de 1969. A lenda do rock Jimmy Hendrix e sua banda tocariam “Voodoo Child” e depois seu grande sucesso “Hey Joe“, momento em que a apresentadora Lulu se juntaria a banda para fazer um dueto com Jimmy na parte final da música e encerrar o programa assim. Tudo combinado com a banda antes do programa.

Jimmy porém tinha outros planos. Segundo ele, seria ridículo fazer um dueto com Lulu. Seria o equivalente do Planet Hemp cantando com a Xuxa ou o Matanza fazendo uma parceria com a Angélica. Até pode acontecer, mas seria ridículo. Então, após terminada a apresentação de “Voodoo Child”, Lulu anuncia “Hey Joe” e a banda começa a tocar a música.

No meio do caminho, porém, Hendrix interrompe a música e diz “nós vamos parar de tocar esse lixo e vamos dedicar um som ao Cream, independente de que grupo eles forem parar. Dedicamos isso à Eric Clapton, Ginger Baker and Jack Bruce” e simplesmente passam a tocar a música “Sunshine of Your Love”, da banda recém separada Cream.

Como resultado de sua rebeldia, Hendrix foi banido da BBC. Mas valeu a pena para colocar esse evento para sempre no folclore do rock.

 

 

Fontes:
Jimi Hendrix Wreaks Havoc on the Lulu Show, Gets Banned From BBC
The Stunt That Got Elvis Costello Banned From Saturday Night Live

Viagem-na-velocidade-da-luz

Por que nada ultrapassa a velocidade da luz?

Eu era um gênio quando criança e isso não é falta de humildade, é fato. Mas isso é algo para discutirmos em outro(s) post(s). Acontece que entre as várias teorias que desenvolvi naquela época estava a de que não poderíamos romper a barreira do tempo, porque já havíamos rompido essa barreira uma vez, no Big Bang. Meu cérebro atrofiou bastante (algo que discutiremos mais tarde, em posts por vir) e não me recordo de toda a instrumentação de tal teoria, mas era coisa fina.

Hoje tenho certa dificuldade em entender adequadamente o conceito de velocidade da luz. Passeando pelo Reddit, encontrei uma explicação simples de como funciona isso e decidi (tentar) traduzir.

 

Entendendo o conceito por trás da velocidade da luz

Tudo, por natureza, de simplesmente existente, está “se movendo” na velocidade da luz (que realmente não tem nada a ver com a luz, mas depois falo disso). Sim, isso inclui você.

Nossa compreensão do universo de que espaço e tempo são coisas separadas é, na verdade, errada. Eles não estão separados: o universo é feito de “espaço-tempo”, uma palavra só. Um ano e um ano-luz descrevem coisas diferentes no nosso dia-a-dia, mas do ponto de vista de um físico, eles são realmente a mesma coisa (dependendo do tipo de física que você está trabalhando).

curvatura espaço tempo

No nosso dia-a-dia, definimos o movimento como uma distância percorrida sobre uma certa quantidade de tempo. No entanto, se distâncias e intervalos de tempo são exatamente a mesma coisa, de repente isso se torna completamente sem sentido. “Eu viajei um metro para cada metro que eu viajei” é uma declaração absolutamente absurda!

A realidade é que tudo no universo viaja através do espaço-tempo em certa velocidade, que eu vou chamar de “c” por enquanto. Lembre-se, movimento no espaço-tempo não tem lógica, por isso faz sentido que nada pode ser “mais rápido” ou “mais lento” através do espaço-tempo do que qualquer outra coisa. Todo mundo e tudo viaja a um metro por metro, isso é apenas… como funciona.

Obviamente, porém, as coisas parecem ter velocidades diferentes. A razão pela qual isso acontece é que o tempo e o espaço são ortogonais, que é uma espécie de um termo chique para “formam um ângulo reto entre si”. Norte e leste, por exemplo, são ortogonais: você pode viajar tanto quanto quiser para o norte, mas isso não vai afetar onde você está em termos da direção leste/oeste.

Do mesmo jeito que você pode navegar por uma latitude sem mudar sua longitude, você pode se movimentar no tempo sem alterar sua posição no espaço.

Do mesmo jeito que você pode navegar por uma latitude sem mudar sua longitude, você pode se movimentar no tempo sem alterar sua posição no espaço.

Assim como como você pode viajar para o norte, sem viajar para o leste, você pode viajar através do tempo, sem que isso afetasse onde você está no espaço. Por outro lado, você pode viajar através do espaço sem que isso afetasse onde você está no momento.

Você está (presumivelmente) sentado em sua cadeira, agora, o que significa que você não está viajando pelo espaço. Já que você tem de viajar através do espaço-tempo com c (velocidade da luz), no entanto, isso significa que todo o seu movimento é através do tempo.

Aliás, é por isso que a dilatação do tempo acontece: algo que está se movendo muito rápido em relação a você através do espaço, mas uma vez que só pode viajar através do espaço-tempo em c, ele tem que estar se movendo mais lentamente ao longo do tempo para compensar (a partir de seu ponto de de vista). Ou seja, o tempo passa mais rapidamente para você do que para ele.

Luz, por outro lado, não viaja ao longo do tempo. A razão pela qual ele não é um pouco complicado, mas tem a ver com o fato de que ele não tem massa. Algo que não está se movendo, que tem massa pode ter energia: isso é o que significa E=mc². Luz não tem massa, mas tem energia. Se colocarmos a massa da luz em E = mc², obtemos 0 , o que não faz sentido porque a luz tem energia. Assim, a luz nunca pode ser parada.

Além disso, a luz não pode nunca estar parado a partir da perspectiva de alguém. Uma vez que, como tudo o mais, ele viaja no espaço-tempo através de c, isso significa que toda a sua “velocidade espaço-tempo” deve ser através do espaço, e nada disso é através do tempo.

Então, a luz viaja a c. Não em todos, por coincidência, você vai ouvir muitas vezes c referida como a “velocidade da luz no vácuo.” Realmente, porém, é a velocidade que tudo viaja, e ele passa a ser a velocidade que a luz viaja pelo espaço a porque não tem massa.

Viagem na velocidade da luz

Então por que nada pode viajar mais rápido que a luz, e por que as coisas com massa não podem viajar na velocidade da luz? Uma vez que tudo se move através do espaço-tempo em c, nada pode ultrapassá-lo (e não, viajar para trás no tempo não iria corrigir isso).

Além disso, as coisas com massa pode sempre estar “paradas” a partir da perspectiva de alguém (como suas própria perspectivas), então eles sempre tem que se mover através do tempo, pelo menos um pouco, o que significa que nunca pode viajar através do espaço o mais rápido que a luz faz. Eles teriam que viajar através do espaço-tempo mais rápido que c para fazer isso, o que não é possível.

Mc Mayara previu a goleada sofrida pela seleção

Depois da derrota do Brasil para a Alemanha por 7×1 pela Copa do Mundo, foram muitos os “videntes” que apareceram. Alguns até acertaram tudo, como o incrível vidente Carlinhos, mas nenhum deles me arrepiou como a minha amiga MC Mayara. A cantora descobriu o que aconteceria já em 2013 e colocou na internet essa mensagem criptografada em forma de música.

É uma pena que David Luiz e companhia não entenderam o alerta a tempo e não pudera fazer nada para evitar a maior vergonha do futebol brasileiro. Quem sabe da próxima fez eles não prestam mais atenção nas mensagens que o eletrofunk tem.

mortes de game of thrones em 8-bit (6)

As mortes de Game of Thrones em gifs de 8-Bits

Game of Thrones agrada a todos os gostos. Tem uma história intrigante, com muita ação, violência e peitinhos gratuitos. Então nerds, descolados, psicopatas enrustidos e tarados tem seus motivos para acompanhar a série. As mortes, porém, merecem destaque porque, diferente das outras séries, elas acontecem com personagens chave com muita frequência. E por mais que se saiba dessa característica, é sempre impressionante quando acontece.

 

A série de gifs em 8-bits abaixo mostram algumas das mortes, não exatamente na ordem em que elas acontecem na série (claro que contem spoilers).

 

mortes de game of thrones em 8-bit (4)mortes de game of thrones em 8-bit (6) mortes de game of thrones em 8-bit (5)mortes de game of thrones em 8-bit (3) mortes de game of thrones em 8-bit (7) mortes de game of thrones em 8-bit (8) mortes de game of thrones em 8-bit (9) mortes de game of thrones em 8-bit (10) mortes de game of thrones em 8-bit (1) mortes de game of thrones em 8-bit (2)