Pink Floyd em 8-bit

FacebookTwitterGoogle+Compartilhar

Já ouviu Pink Floyd alguma vez? Não vale “Another Brick in the Wall”. Bem, se você já ouviu o albúm “Dak side of the Moon”, do Pink Floyd e jogou o lendário Nintendo de 8-Bit, vai adorar o projeto do Brad Smith. A idéia é simples e genial: transformar as músicas desse disco em “toquinos” de 8-bits. Muito saudosista, não? Eu curti.

Dá o play para ouvir todas as músicas.

Curtiu também? Dá para baixar aqui na página do projeto.

Mike-do-moskeiro

CD Mike do Moskeiro e Convidados

Mike do moskeiro

Depois do enorme sucesso no Youtube e de tomar quase uma hora, em dois domingos, no programa de maior audiência das tardes de domingo, Mike do Moskeiro lança seu primeiro CD, com a participação de convidados bem menos expressivos como Viviane Batidão, Calypso, D’javu, Nazareth e Jota Quest. O arranjo musical ficou por conta de Luis Schiavon.

A Cd será lançado em abril, sob o selo da Som Livre.

“They see me trolling, they hating…”

1175969745u0dDwd

Análise Musical: Ciranda, Cirandinha

As músicas são tem uma grande influência na formação intectual de uma pessoa. Essa influência pode ser positiva, negativa, neutra, ausente, retroativa, em débito ou randomica. Mas nem sempre vê-se qual é a real intenção de uma canção. É o caso da infantil Ciranda, Cirandinha.

Com uma letra aparentemente bonitinha acompanhada de uma brincadeira “inofensiva”, essa cantiga nunca me enganou. Trata-se de uma lavagem cerebral da putaria! Sim, isso mesmo, uma ode à fornicação e a orgias. Vamos analisar a primeira estrofe:

CirandaCiranda , cirandinha,

Vamos todos cirandar,

Vamos dar a meia volta,

Volta e meia vamos dar

Veja só, que sem vergonhice. Vamos todos “cirandar”. “Cirandar”, é assim que estão chamando? Mas depois vem a pior frase. “Volta e meia vamos dar”. Como assim? Que descaramento é esse? “Vamos dar a meia volta” é uma mensagem subliminar. Com meia volta pode-se escrever apenas duas letras: C e U. Tire suas próprias conclusões…

Partimos para a segunda estrofe:

CirandaO anel que tu me destes,

Era vidro

E se quebrou.

O amor que tu me tinhas

Era pouco e se acabou.

Aí podemos entender porque as mulheres balsacas de hoje são tão interesseiras. Na infância, retuitavam sem parar essa canção. No fundo de suas mentes, algo ficou gravado: bens materiais e amor estão intrinsecamente ligados. Se o anel não for de diamante ou for xexelento, o amor é pouco e se acabará. Quem ama, dá presentes caros. E ponto final.

CirandaPor isso dona rosa

Entre dentro dessa roda

Diga um verso bem bonito

Diga adeus e vá embora!

Já dizia aquela música do Velhas Virgens: “tudo que fiz ontem, foi só pra te comer”. Então a idéia é essa, chegar, dizer algo bonito, finalizar e partir sem deixar rastros.

Essa música é uma vergonha. Porém, pouca. Pouca vergonha. Está enrustido, encrostada e atrelada para sempre à nossa cultura. Viva ao carnaval da mente infantil. Viva à manipulação. Viva!

Este post foi escrito por um crítico de música que, por ser crítico, é imune à críticas.

pedobearhoodie4

Qual será o novo look bizarro de Lady Gaga

Lady Gaga é o sucesso musical do momento. Afinal, está escrito que, a partir de Marilyn Monroe toda geração deverá ter uma famosa loira como referência. Se a Madonna foi a nossa (galerinha anos 80), a Britney Spears foi a Srtª 90’s e agora a fama é de Lady Gaga.

Essa introdução sem pé nem cabeça é só para dizer que a moça que faz caras e bocas (principalmente quando joga poker) sempre aparece com um look mais bizarro que o outro (confira a galeria depois do break, do jump, do Leia Mais, sei lá…). Ou ela tem um romance ruim com os paparazzis ou realmente gosta de aparecer.

Então resolvemos dar umas dicas bem legais para Lady Gaga escolher o próximo figurino.

PedoBear

Já que é para chocar, por que não usar a roupa do pedófilo urso mais fofo da história? Pedo Bear Hoodie é vendido pela Calgary Cosplay por singelos US$ 175 mais US$ 10 para ajustar o tamanho. Parece pouco para uma diva, mas é dinheiro, querido.

Pedo Bear Hoodie

Pedo Bear HoodiePedo Bear Hoodie

BJ, Irmão do Barney

Quando Lady Gaga resolve armar aquele cabelo, já fica a cara do BJ. Basta colocar uma roupa amarelo e cantar a musiquinha da vassoura feliz, ReReRe.

BJ, do Barney

Minhocas

Sim, minhocas. Uma só ou um pote com várias. É ousado, ambiental. É bonito, sujo e rico. E o principal motivo é que minhocas também são hermafroditas.

Fantasia de minhocas

Que tal essa?

Continue lendo…

Billie Jean vira realidade

Entre minhas 100 músicas favoritas, existem 4 músicas do Michael Jackson. Tratam-se de Smooth Criminal, Don’t Stop ‘Til You Get Enough, Beat it e Billie Jean. A primeira é conta uma história incrível e dá para sentir a emoção e o drama da letra na toada da música. A segunda nos remete ao top dos anos 70, mostrando que, apesar de tudo, Bee Gees tinha muito a aprender com Michael. A terceira é quase um rock, mas o pontos fortes são os clipes, tanto oficial quanto a paródia “Eat it”, feita por Weird Al’ (o mesmo do post anterior).
Já a última é a que reúne tudo. Uma letra para lá de enigmática, sonoridade meio rock, meio ska, meio tudo de bom E a coreografia é perfeita, afinal é um solo de Michael, apelando para dois (isso mesmo, dois!) Moonwalks. Ver dois Moonwalks em uma mesma coreografia é de enlouquecer. Mas vamos analisar a letra da música. Veja o refrão:

Billie Jean is not my lover
She’s just a girl who claims that I am the one
But the kid is not my son
She says I am the one, but the kid is not my son

Tradução, please:

Billie Jean não é minha amante
É só uma ‘gata’ que diz que sou o único
Mas o filho não é meu
Ela diz que sou o único
Mas o filho não é meu

0,,21212311,00.jpg (300×400)

Agora vem a bomba. A enfermeira Debbie Rowe (foto), mãe de Paris e Prince, dois dos três supostos filhos de Michael disse que seus filhos são de outro pai. A realidade, que todos já sabiam, é que Debbie recebeu uma grana preta (ou branca) para servir de barriga de aluguel para Michael. Os dois mantiveram um casamento de fachada por um tempo e depois do nascimento dos pimpolhos, se separaram. Ou seja, Billie Jean não era a amante de Michael, ela é só uma ‘gata’ que dizia que Michael era o único, mas o filho não é dele. Foda, né? (detalhe, o gata entre aspas foi providencial, já que a mulher é uma baranga)

Outro trecho do clássico:

And mother always told me
Be careful of who you love
Be careful of what you do
‘Cause the lie becomes the truth

Tradução, please:

E mamãe sempre disse: cuidado com quem você ama>
Cuidado com o que você faz porque a mentira se torna verdade

Você deveria ter escutado sua mãe, rei do pop.

Poxa, e ele perdeu dinheiro. Tenho certeza que milhões de mulheres dariam para o Michael em troca de um Moonwalk como esse: