Operárias chinesas e os brinquedos que produzem

A China é mundialmente conhecida por produzirem os mais diversos produtos industriais a baixo custo. O que mais influencia para este custo é a desvalorização da mão de obra. Operários chineses trabalham muito e recebem pouco. Em 2010, a média salarial de um migrante chinês foi de U$240,00, o que não é o bastante para cobrir os custos básicos dos trabalhadores e suas famílias (mas já seria classe média no Brasil, segundo o governo).

No vídeo a seguir, a jornalista Leslie T. Chang fala sobre a situação destes trabalhadores sob a perspectiva dos mesmos.

Abaixo, algumas fotografias da da série “The Real Toy Story”, do artista alemão Michael Wolf, que mostram operárias e os brinquedos que estas fabricam, sem muitas vezes saber o que são devido à censura do país.

Um toque de nostalgia na aula

Transcrição do diálogo:

Professor: “Eu também tinha uma máquina de escrever como esta, mas as almofadas foram comidas por traças!”.

Aluno: “Sim, esta é a minha primeira.”

Professor: “Você tem que escrever muitas vezes para que as traças não comam a sua também.”

Aluno está digitando …

Professor: “Eu digo uma frase e faço uma pausa para que você possa escrever o que eu disse.”

Aluno: “Oh, isso é bom, porque eu não estou conseguindo escrever notas tão rápido”

 

Vi lá no Uhull.